DESTAQUES Oftamologia QUADROS DO PROGRAMA SAÚDE

TERÇOL: Sintomas, Causas e Tratamentos

Por Márcia Carol Bispo/2P Digital

O Hordéolo conhecido como terçol é uma inflamação das glândulas na borda da pálpebra, que produzem secreção gordurosa ao redor dos cílios. Essas três glândulas são responsáveis pela produção da gordura que é incorporada à lágrima e impede que ela se evapore com facilidade dos olhos, mantendo-os hidratados.

A inflamação acontece pelo acumulo errôneo de secreções das glândulas, ou em conjunto com alguma infecção causado por bactérias que estão presentes na pele. O terçol não é contagioso.

Causas

  • Infecção bacteriana, quando uma bactéria se hospeda dentro da glândula.
  • Alguma disfunção na ação das estruturas da glândula causando acumulo de substancias e levar a inflamação.
  • Blefarite: Doença causa inflamação na borda das pálpebras, na região dos cílios, e sua recorrência pode favorecer o surgimento do terçol.
  • Excesso de oleosidade nos olhos pode causar glândulas sebáceas obstruídas.

Sintomas

A sintomatologia mais comum do terçol é o inchaço na pálpebra, que pode ocorrer na parte superior ou inferior dos olhos. Frequentemente este inchaço pode vir com uma pontinha amarela, indicando a presença de pus.

  • Dor local
  • Calor e vermelhidão
  • Sensação de corpo estranho
  • Visão embaçada
  • Lacrimejamento

Complicações

O terçol, quando não tratado corretamente, pode causar inflamações mais graves nos olhos, chamadas de celulites. Eles também podem formar abcessos, que acabam levando a necrose do tecido da região e até o surgimento de cicatrizes.

Diagnostico

É feito através de exames clínicos, com auxilio da lâmpada de fenda, realizada pelo oftalmologista.

É necessário buscar auxilio do oftalmologista, para que seja feito o diagnostico da forma correta, excluindo outros problemas mais graves.

Tratamento de Terçol

Normalmente o terçol se recupera sozinho, raramente medicamentos, são indicados, somente em casos muito graves. Mas existem tratamentos caseiros que podem ser feitos para acelerar o processo de cura

Compressas de água morna, para ajudar na reabsorção das substancias acumuladas nas glândulas das pálpebras. Na falta de uma compressa podem ser usados gazes ou algodões umedecidos. Para maior eficiência aplique a compressa entre três a quatro vezes ao dia, por cerca de 20 minutos. Tome cuidado com a temperatura da agua, pois a pele da córnea é sensível e pode causa uma queimadura na região.

Colírios anti-inflamatórios ajudam a melhorar o aspecto da região, deixando-a menos inchados e são passados pelo oftalmologista.

Prevenção

A prevenção do terçol depende das causas e fatores de risco de cada um. Se a pessoa tem blefarite, por exemplo, ela pode prevenir o terçol fazendo a higienização correta dos olhos, com produtos específicos.

Já uma pessoa com excesso de oleosidade na pele pode procurar um dermatologista para entender as causas e então tratar o problema, o que pode envolver inclusive mudanças na dieta.