DESTAQUES NOTÍCIAS Oftamologia QUADROS DO PROGRAMA SAÚDE

Conjuntivite

A conjuntivite é uma doença acometida nos olhos, se caracteriza por uma inflamação ou infecção da membrana externa do globo ocular e da pálpebra interior. Uma das principais causas é os agentes tóxicos, como alergias, bactérias ou vírus. É um quadro bastante comum, estima-se mais de dois milhões de casos no Brasil, devido sua fácil propagação.

Sintomas

  • Olhos vermelhos e lacrimejantes,
  • inchaço nas pálpebras,
  • Intolerância a luz,
  • Visão embaçada e borrada,
  • Coceira,
  • Secreções esbranquiçadas,
  • Sensação de areia ou cisco nos olhos.

Tipos de conjuntivite:

Existem três tipos de conjuntivites, infecciosa, alérgica e toxica.

INFECCIOSA

A infecciosa é a mais comum, é contagiosa, é possível transmitir para outras pessoas pelo ar ou contato com o local. Pode acometer um ou dois olhos, normalmente apresenta lacrimejamento, sensação de areia nos olhos, secreções , hiperemia (olhos vermelhos).

Dentro da conjuntivite infecciosa existem outros tipos que são:

Conjuntivite viral: Conjuntivite viral é o tipo mais comum, transmitida pelo vírus adenovírus, é transmitida pelo contato com as secreções oculares e também através de mucosa infectada.

Conjuntivite bacteriana: A conjuntivite bacteriana não é tão comum quanto a viral, porém ela pode ser mais perigosa, pois é transmitida através do contato com a bactéria, se o individuo encostar-se à área infectada e passar a mão na região dos olhos provavelmente ira contaminar e contrair a conjuntivite.

Conjuntivite fúngica: A conjuntivite fúngica é rara, ocorre através de lesões nos olhos com madeira, sua forma de tratamento é difícil e pode causar complicações na visão.

ALÉRGICA

A conjuntivite alérgica é decorrente de alergia por acaro e pólen. Essas se manifestam com olhos vermelhos e coceira ocular. Diferente das outras, esta não é contagiosa.

Há quatro formas de conjuntivite alérgica: Sazonal, Cerato, conjutivite atopica, conjuntivite primaveril, conjuntivite papilar gigante.

TÓXICA

A conjuntivite tóxica ocorre quando os olhos entram em contato com algum produto químico. Esse tipo é bastante raro, porem muito perigoso, por isso faz-se necessário o tratamento correto a fim de evitar problemas de visão.

Os sintomas dos diversos tipos de conjuntivites são iguais, ambos causam vermelhidão e coceira, por isso é de extrema importância buscar auxilio oftalmológico para que possa identificar qual é o tipo e definir o melhor tratamento. Lembrando que quanto antes o tratamento menores serão as chances de complicações.

TRATAMENTO

O tratamento é através de colírios específicos do tipo da conjuntivite, pode-se utilizar soro fisiológico gelado para limpeza dos olhos. É de extrema importância tomar atitudes higiênicas a fim de melhorar os sintomas.  Procure lavar as mãos com frequência, não use lentes de contato enquanto estiver com conjuntivite, não compartilhe objetos pessoais com quem esta com conjuntivite, evite piscinas.

PREVENÇÃO

  •  Não compartilhe maquiagem pessoal com outras pessoas;
  •  Evite compartilhar toalha de rosto;
  •  Lave as mãos com frequência e não as coloque nos olhos;
  •  Use óculos de mergulho para nadar, ou óculos de proteção para trabalhar com produtos químicos.
  •  Não use medicamentos sem prescrição medica;
  •  Evite nadar em piscinas sem cloro ou em lagos.