ESPORTES NOTÍCIAS

A não prática de esportes pode causar obesidade e problemas cardíacos

Dados do IBGE revelam que 100 milhões de pessoas não praticaram nenhum tipo de esporte 

Uma pesquisa realizada pelo IBGE, em parceria com o Ministério do Esporte, aponta que 62% dos brasileiros com 15 anos ou mais não praticaram nenhum tipo de esporte ou atividade física. Isso corresponde a mais de 100 milhões de pessoas que não estão cuidando devidamente da saúde. Mas afinal, até em que ponto o sedentarismo pode afetar a vida das pessoas?

Para criar uma rotina saudável, as pessoas recorrem não apenas a mudanças alimentares, como também à prática de atividades físicas. Os benefícios dos exercícios já foram comprovados cientificamente, mas nem todos têm a consciência da importância de se exercitar.

Junção de hábitos esportivos e alimentares é o melhor para saúde, de acordo com profissional. Imagem: Pixabay.com

De acordo com a educadora física e professora universitária, Carla Andreia, a ausência de exercícios na rotina do indivíduo pode desencadear uma série de problemas. Doenças cardíacas, diabetes e obesidade. Essas são apenas algumas das doenças que podem ser causadas pela falta de esportes na rotina, segundo Carla.

Ainda de acordo com acordo com a educadora física, nem sempre mudar apenas um aspecto da rotina conta. Deve-se criar hábito de uma dieta equilibrada juntamente com exercícios físicos, isso essencial para o bem-estar físico e mental das pessoas, conta.

O estudante de educação física, Luck Farley, de 32 anos, conta que sua vida mudou drasticamente após incluir a prática de esportes no dia-a-dia. “A minha vida se transformou. Quando criança, tinha problemas respiratórios e depois que comecei a me exercitar, tudo mudou, minha frequência cardíaca, tudo para melhor”, relata o estudante.

Aqueles que praticam esportes regularmente, além de um ótimo condicionamento físico, também dormem melhor e estão menos sujeitos ao estresse. Foi o caso do estudante Pedro Henrique, que conta que após iniciar a malhação, sentiu sua vida mudar. “Minha autoestima melhorou, isso me ajudou nas questões sociais, e naquela hora de subir escadas ou carregar as compras da família”, relata Pedro.

A educadora física Carla dá as dicas para quem quer iniciar uma rotina saudável em sua vida. “A primeira coisa a se fazer é procurar um médico para avaliar se tudo está ok e, em seguida, procurar um profissional da educação física para orientá-lo na prática de esportes e aí sua saúde vai agradecer”, finaliza ela.

Por Lara Freitas