DESTAQUES POLITICANDO

Descaso com a saúde pública leva médico a realizar greve de Fome em frente ao Hospital Regional de Araguaína!

O cúmulo chegou ao extremo!.. O pouco caso se desfaz em desonestidade… A péssima administração se esconde na maldade, e a arrogância é irmã da falsidade, enquanto dançam nos céus do Brasil, os urubus da impunidade!

Se já não bastassem a carência da vergonha na cara em se conduzir o país no limbo do desacerto, nossos políticos, governadores e presidentes, esta que agora deposta pela incompetência e pela mentira, deixam a Saúde Pública chegar no esgoto, o mesmo esgoto que representa o que temos de administração pública e do dinheiro público!…

Se não bastassem a total falta de estrutura e insumos e até de comida para os pacientes internados, o governo do Tocantins, dirigido atualmente pelo Sr Marcelo Miranda, amigo de Dilma Rousseff, a nossa ( minha não) ex- presidente, traça a mesma linha de administração pública, talvez aprendido com ela- a linha do desgoverno administrativo e das desculpas esfarrapadas!..

A poucos dias um grupo de pacientes ingressa na polícia contra o Estado para conseguir ser atendido nos hospitais da capital, Palmas! Agora, está sendo necessário um médico anestesista fazer greve de fome na porta do Hospital Regional de Araguaina, para tentar receber seu justo, certo e acordado salário/ produção, pelas anestesias realizadas aos pacientes do SUS, já com atraso de um ano!.. Não!vocês não leram errado, faz um ano que não recebem a produção pelo serviço prestado ao Estado, e que soma a quantia de 13 milhões de Reais!

Qual desculpa que o atual Secretário de Saúde do Tocantins, junto com o governador Marcelo Miranda pode dar? Falar de recursos?! Pouco provável, pois se não fosse apenas o repasse, ainda que pouco do Governo Federal para esta pasta, devemos lembrar que a arrecadação tributária do estado é imensa, e nada justifica o não pagamento de honorários e salários!…

Talvez o Sr Marcelo Miranda não tenha recursos para tal fim, mas com certeza o tem para reformas no Palácio do governo, para propagandas políticas e para futuras eleições!…
Enquanto neste país tais condutas não foram duramente repreendidas até com a prisão de prefeitos, secretários, deputados, governadores e presidentes, no nosso céus azul de anil, voará impunimente os urubus da administração pública!