DATAS COMEMORATIVAS DESTAQUES SAÚDE

2 de Abril, dia Mundial da Conscientização do Autismo É um transtorno do espectro autista que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo

TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA 

Hoje (2), é o dia mundial da conscientização do autismo, a data serve para ajudar a conscientizar a população mundial sobre o autismo, é um transtorno do espectro autista que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo. Este dia foi criado pela (ONU) com o intuito de alertar as sociedades e governantes sobre esta doença, ajudando a derrubar preconceitos e esclarecendo as duvidas sobre o autismo.

O transtorno do espectro autista se caracteriza por distúrbios no desenvolvimento do cérebro, causam problemas no desenvolvimento da linguagem, nos processos de comunicação, na interação e comportamento social da criança.

Causas

A ciência ainda não conseguiu definir qual é a principal causa do TEA, mas há pesquisas que sugerem que o autismo pode desenvolver através de influencias genéticas, ambientais e neurológicos. Porem é possível encontrar as mesmas características genéticas em pessoas que não possuem o TEA.

Pesquisas afirmam que em relação ao gênero, a maior incidência acomete o sexo masculino. Nos quadros neurológicos há maior prevalência esta associada a atrasos cognitivos. No aspecto ambiental esta interligado a infecções durante o pré-natal, prematuridade, baixo peso, complicações no parto.

Diagnostico precoce 

É de extrema importância o diagnostico precoce, o ideal é que seja feito até os 3 anos de idade, pois assim irá aumentar as possibilidades de um bom desenvolvimento social e intelectual da criança. Os principais sinais do TEA são:

  • Dificuldades no contato visual;
  • Ausência de respostas, referente a emoções, quando chamados pelo nome;
  • Atrasos no tamanho da linguagem verbal e não verbal;
  • Não responder a sorrisos, demorara para balbuciar e falar;
  • Desconforto com afagos;
  • Incômodos com alguns barulhos, brinquedos;
  • Comportamentos repetitivos, rodopiar em torno de si mesmo;

Tratamento

O tratamento é multidisciplinar, buscar terapias nas áreas indicadas a contribuir com o caso. Psicoterapia, fonoaudiologia, psicopedagogia, terapia ocupacional, atividade física, musicoterapia, etc.

O tratamento do TEA visa diminuir os efeitos dos sintomas, auxiliando no bom desenvolvimento tanto do autista como da família. É um processo difícil, por isso a família precisa de apoio o orientação, pois há uma serie de mudanças radicais que irão ser feitas, a fim de organizar a criança em casa e nas terapias, e orientando o posicionamento correto diante de uma situação de agitação e crises.